SENTIMENTOS..PENSAMENTOS E IMAGENS

Arquivo para junho, 2012

renuncia

Foi o tempo que dedicaste à tua rosa que a fez tão importante
Porque determinada flor é, em primeiro lugar, uma renúncia a todas as outras flores.
E, no entanto, só com esta condição é bela.

(Saint-Exupéry)

Anúncios

desencanto

Eu não deixo ninguém para trás, algumas pessoas é que
me perdem um pouco a cada dia e nem percebem.

verdades

Somos assim. Sonhamos o vôo mas tememos as alturas. Para voar é preciso ter coragem para enfrentar o terror do vazio. Porque é só no vazio que o vôo acontece. O vazio é o espaço da liberdade, a ausência de certezas. Mas é isso que tememos: o não ter certezas. Por isso trocamos o vôo por gaiolas. As gaiolas são o lugar onde as certezas moram.

É um engano pensar que os homens seriam livres se pudessem, que eles não são livres porque um estranho os engaiolou, que eles voariam se as portas da gaiola estivessem abertas. A verdade é o oposto. Não há carcereiros. Os homens preferem as gaiolas ao vôo. São eles mesmos que constroem as gaiolas em que se aprisionam.

“Prisioneiro, dize-me, quem foi que fez essa inquebrável corrente que te prende?”, perguntava Tagore.
“Fui eu”, disse o prisioneiro, “fui eu que forjei com cuidado, esta corrente…”

[Rubem Alves, O grande inquisidor]

inesquecivel

Não é preciso tocar a pele para que o coração sinta, mas é preciso tocar a alma para que o coração nunca esqueça.

Eu finjo que acredito

Eu quero a simplicidade de uma vida tranqüila, eu quero o carinho de pessoas sinceras, quero o amor de pessoas espontâneas, e o respeito de quem sabe se respeitar.
Eu quero as brutas palavras francas e não as melosas mentiras, para as quais eu sorrio e finjo que acredito. Eu não quero mais ter que ouvir gente hipócrita pregando moral que desconhece, eu não quero saber de gente desleal, infiel e infame se fazendo de decente na minha frente.
Eu quero que as pessoas consigam ver que, apesar da cor do cabelo, do vestido, da marca da bolsa, e dos sorrisos constantes existe algo em mim que rastreia mentira, e eu as respondo com sorriso, porque me alegra ver idiotas acreditando que estão me convencendo das asneiras que falam. Ninguém me engana quando mente, ao menos quando me convém fingir que creio no que ouço.
É lucrativo interpretar o papel de boba, é cômico, ou melhor, tragicômico ver a fragilidade dos que temem dizer a verdade e agir com sinceridade, porque seus atos são tão objetos que eles mesmos sentem vergonha. É patético ver que alguns homens, não tem vergonha de errar, mas de que os outros saibam de seus erros.Foto: O que nao enfrentamos em nos mesmos, encontraremos como destino...Pense nisto

Destino

Não sabia que era precisamente esse fracasso que me levaria ao lugar que desejava. As correntes do rio profundo foram mais generosas que o meu remar contra elas.

Não cheguei aonde planejei ir. Cheguei, sem querer, aonde meu coração queria chegar, sem que eu o soubesse.           (Rubens Alves)

amor produz amor

Mesmo vivendo um momento que julgamos estar totalmente vitimizados uma por situação que independe da nossa vontade, ainda assim nos resta decidir: como vamos lidar com as nossas emoções diante de fatos imprevisíveis, invasivos e sem volta ?

A partida de alguém muito querido é algo assim, as fatalidades, o abandono, enfim, como amar em meio ao caos em nossos corações ?

A resposta de difícil execução é: amando.

A única forma de descobrirmos as saídas dos nossos desesperos mentais é nos obrigando a positivar os nossos pensamentos e agindo ! Pode parecer impossível, mas ajudar alguém num momento onde nós estamos precisando de ajuda, é uma alavanca para nossa transformação. Mesmo que as vezes estejamos sem vontade, ou com pouca fé, o ato de ajudar e pensar nos outros, pode nos remover do labirinto das aflições, e ajudar a mudar o foco das nossas próprias tristezas.

Sempre dá para reagir. Sempre temos bons exemplos de sobreviventes de guerras, misérias, deficiências, abandonos, que superaram suas angústias porque assim decidiram e agiram !

Não é fácil, mas nos tornamos grandes vencedores quando vencemos e saímos de nós mesmos, para enxergarmos “os outros”.

Fora dos nossos “tristes casulos emocionais”, podemos descobrir e sentir o que é “felicidade”. Somos muito mais fortes do que pensamos e a nossa força vem da lapidação dos nossos sentimentos e da nossa Fé.

Exercite o seu Amor, espalhe-o, e esse amor fará de vc uma pessoa mais leve. A Fé, também consiste na consciência e na submissão, de que não somos os donos absolutos dos acontecimentos, mas somos os responsáveis pelas nossas emoções e atitudes ao passar por eles.

Amor, produz amor.
Seja vc a árvore que quer ver florir, frutificar e semear.

Nuvem de tags